Sonhos





Sonhei que minha mãe viajava para algum lugar (acho que era para Goiás) e trazia uma infinidade de sapatos novos e coloridos, centenas de brinquedos artesanais (feitos com madeira, brilhos e muitas cores, tantos há ponto de encherem um cômodo até o teto) e muitas roupinhas para cães filhotes.

Queria ter ficado lá naquele sonho, descobrindo e experimentando todo aquele universo colorido e encantador.

Me alimento dos meus sonhos!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iluminação sem gesso

Cortinas para a casa nova dos meus amigos Lai e Lu

Discurso que proferi na minha colação de grau do curso de Arquivologia, da UnB, dia 03 de fevereiro de 2009, em Brasília.