terça-feira, 3 de setembro de 2013

Das coisas que eu releio 2

"Podemos nos arriscar a sermos conhecidos e amados (ou não amados) pelos outros porque somos conhecidos e amados por Deus. (...) Precisamos ser quem somos de fato, quando estamos com outras pessoas. Permitir que os outros nos conheçam, ser honestos a respeito de nossos sentimentos e medos é uma maneira de viver  pela fé."

"É impossivel colocar um preservativo no coração."

"O flerte cria uma caricatura que é muito difícil de manter durante alguns anos, e muito menos por uma vida inteira!"

"Um relacionamento se torna problemático quando o comportamento dentro dele não combina com os compromissos necessários para mantê-lo."


_________________________________
Trecho do livro "Amor de verdade num mundo de falsidade: sexo, amor e gente de carne e osso". 

Nenhum comentário:

As multidões

Nem todos podem tomar um banho na multidão: ter o prazer da turba é uma arte. Só assim se pode oferecer, à custa do gênero humano, um b...