Quero - Texto escrito em 01 de janeiro de 2011.


E daí eu resolvi mexer aqui nos textos salvos como rascunho e resolvi postar isso. Como diz o título: o escrevi 01/01/2011. ;)
________________________________________________________

Depois de quase 9 anos acompanhada, passar uma noite sozinha me bate uma solidão danada, um vazio, uma inquietação. Não escuto ninguém em casa. Não cuido da chegada de ninguém, não espero ninguém, não cozinho pra ninguém, não faço nada... e me bate a sensação que eu fui feita pra cuidar. Gosto de cuidar de mim, do meu amor, dos meus amigos, da minha família. Parece que ainda estou na casa dos meus pais e olho para a porta esperando a chegada do meu pai. A casa só ficava perfeitamente barulhenta quando todos estavam. Se faltasse um de nós pairava um clima de espera.

É assim como me sinto agora: à espera. Quero um amor. Porque ficar de noite sozinha é muito triste. Me sinto muito sozinha. Sem falar na vontade de beijo, de abraço, de chamego, de sexo, de paixão, de borboletas no estômago. Não sei se eu sinto falta do amor ou do amado.

Comentários