Sensível demais



Folhetim
Luiza Possi
Composição : Chico Buarque

Se acaso me quiseres,
sou dessas mulheres que só dizem sim
por uma coisa à toa, 
uma noitada boa, um cinema, um botequim.


E, se tiveres renda,
aceito uma prenda, qualquer coisa assim
como uma pedra falsa 
um sonho de valsa ou um corte de cetim.


 E eu te farei as vontades,
direi meias verdades sempre à meia luz
E te farei, vaidoso, supor 
que és o maior e que me possuis.  


Mas na manhã seguint
não conta até vinte, te afasta de mim
pois já não vales nada,
és página virada, descartada do meu folhetim.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iluminação sem gesso

Cortinas para a casa nova dos meus amigos Lai e Lu

Discurso que proferi na minha colação de grau do curso de Arquivologia, da UnB, dia 03 de fevereiro de 2009, em Brasília.