terça-feira, 15 de maio de 2012

Eu, ela e tantas outras.

Foi perdendo a inocência
junto aos sonhos espalhados pelo caminho.

Foi perdendo os sonhos
junto às noites onde procurava carinho.

Foi perdendo as noites
junto às promessas de amor e ninho.

Foi perdendo o amor,
no copo de tantas mãos,
na cama de tanta solidão.

Foi se perdendo
mas, suavemente, volta pelo caminho.

Foi reencontrando a si mesma
nos braços do Pai.

Nenhum comentário:

Aplicada a conhecer e entender de Cinema

Então... há algum tempo eu ando incomodada com o meu pouco conhecimento sobre cinema aliada a uma péssima memória dos filmes que assisto. Co...