domingo, 12 de fevereiro de 2012

Sideburns

Um beijo terno
pros teus olhos baixos

afagos e carinhos
pro teu corpo cansado

sossego
pros teus ouvidos

apelos
pras tuas carícias

loucuras
quebrando o silêncio

depois
só o barulho dos passarinhos


permanência
pros teus propósitos

segurança
pro teu retorno.

Ainda não.

Enquanto isso,
espera pros nossos sonhos.

"Quem tem um sonho não dança"



Nenhum comentário:

As multidões

Nem todos podem tomar um banho na multidão: ter o prazer da turba é uma arte. Só assim se pode oferecer, à custa do gênero humano, um b...