Sideburns

Um beijo terno
pros teus olhos baixos

afagos e carinhos
pro teu corpo cansado

sossego
pros teus ouvidos

apelos
pras tuas carícias

loucuras
quebrando o silêncio

depois
só o barulho dos passarinhos


permanência
pros teus propósitos

segurança
pro teu retorno.

Ainda não.

Enquanto isso,
espera pros nossos sonhos.

"Quem tem um sonho não dança"



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iluminação sem gesso

Cortinas para a casa nova dos meus amigos Lai e Lu

Discurso que proferi na minha colação de grau do curso de Arquivologia, da UnB, dia 03 de fevereiro de 2009, em Brasília.