segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Reformando o meu reino

Então... eu, que sempre curti esse lance de decoração, estou tendo a oportunidade de mexer um pouquinho com isso aqui na kit que eu alugo e que minha amiga (dona da kit) Shirley gentilmente se dispôs a reformar para que eu tivesse um pouco de conforto.

Os problemas:
  1. O piso da kit estava estourando devido ao mau assentamento;
  2. Os armários mais antigos estavam descolando o acabamento (o da pia e o do quarto estavam literalmente caindo);
  3. A parede da cozinha que fica atrás do fogão não tinha revestimento para receber aquela gordura aquele calor que vem do eletrodoméstico mais querido do Brasil;
  4. No quarto não cabia uma cama de casal.
As soluções:
  1. Trocar aquela cerâmica feiosa por um porcelanato lindo de morrer (obrigada, Tia Xis!);
  2. Tirar os armários problemáticos (incluindo o do quarto)
  3. Assentar pastilhas na parede da cozinha que fica atrás do fogão. Escolhemos uma branca (que depois de instalada se mostrou verde!);
  4. Tirar o armário do quarto do lugar que ele ocupava.  Imaginamos que ao tirá-lo caberia uma cama de casal.
O plus:
  1. Quando o $$ estivesse sobrando eu pintaria a kit. Lá pra março. Lá pra um dia.
A vida real:
  1. O piso está aqui agora todo quebrado. O tal do contrapiso foi muito mal feito e talvez vamos precisar de mais argamassa ou sei lá o que. Pra mim parece tudo "cimento molhado". Vamos ver como isso ficará amanhã;
  2. Os armários problemáticos foram retirados e eu não sei de onde eu tirei TANTA COISA! Está tudo de pernas pro ar, aqui. Com a retirada do armário do quarto descobri que onde ele estava tem uma parece sem reboco e ligeiramente esburacada. Adivinha? Tive que comprar material para emassar e pintar AGORA! Lindo, né? 
  3. As pastilhas que compramos na cor branca tem uma leve nuance verde. Nuance que, uma vez assentada, grita mais verde que a floresta amazônica inteira. Mentirinha: parece verde piscina de rico. Mas é verde. Qual é o problema? Veja o próximo item.
  4. Certa de que a pastilha branca ficaria branca, eu fui lá e sonhei com paredes azuis, já que o porcelanato é branco, os armários são brancos, e a pastilha linda de morrer era branca (mas virou verde) umas paredinhas azuis ficariam lindas. 
  5. Depois que o armário do quarto foi removido medi e vi que não cabe nem uma cama de casal padrão. Terei que comprar uma cama-viúva ou solteirão. Nenhum destes nomes me parece atrair coisas boas, portanto acho que ficarei com essa de solteiro que tem por aqui. 
O plus:
  1. Pra não perder a tinta resolví doá-la para alguém que faça bom proveito e amanhã vou ter que ir de novo à loja e comprar um verdinho beeeeeeem clarinho. 
  2. Fiz o teste da tinta no site (para a minha surpresa o tom ficou bem próximo) e na parede ao lado das pastilhas. O tom de azul ficou lindo mas totalmente nada a ver com as tais pastilhas.
Como era pra ser:


Como vai ficar agora, com a pastilha verde branca + tinta que vou comprar. Eu espero honestamente que fique algo assim:



E pra quem não está entendendo esta confusão de pastilhas na parede da cozinha versus parede do resto da casa é só imaginar uma kit onde eu determinei loucamente que quero a kit inteira de uma cor só.

Agora tô indo pro apartamento que gentilmente me emprestaram porque a casa está um caos. E por hoje, deu!

Beijos!

Um comentário:

Drica disse...

Poxa adorei a escolha da cor. Muito inspiradora!

Aplicada a conhecer e entender de Cinema

Então... há algum tempo eu ando incomodada com o meu pouco conhecimento sobre cinema aliada a uma péssima memória dos filmes que assisto. Co...