quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Retrospectiva dos últimos dezembros

Dezembro de 2008:
  • Estive em Manaus para o Natal 
  • Mamãe e papai se separaram 
  • Postei e ouvi mil vezes a música “Começaria tudo outra vez” na interpretação lindíssima da Maria Bethânia com Omara Portuondo.
Dezembro de 2009:
  • Escutei MUITO Ivan Lins e seu bom repertório de fim de ano (porque o cara também tem um repertório de ano novo que eu detesto); 
  • Fui à Goiânia com a Raqueline fazer compras e fazer coisas erradas; 
  • Pensei em quem era eu aos 28 anos.

Dezembro de 2010:
  • Fui pra Sampa dançar Samba-rock 
  • Estava separada; 
  • Me apaixonei pela segunda vez no mesmo ano, desta vez não por um português de Lisboa, mas por um paulistano miscigenado; 
  • Defini 2010 como o ano em que meu coração caiu da mudança; 
  • Trilha sonora: o DVD Maricotinha da Maria Bethânia. Destaque para as músicas “Fera Ferida” de Roberto e Erasmo (que nada mais é do que a síntese de tudo que eu vivi em 2010) e para “Sob medida” do Chico Buarque (que definia exatamente o que eu pensava em relação ao tal paulistano: “Sou bandida, sou solta na vida e sob medida pros carinhos teus”). 
 
Dezembro de 2011 – só vou escrever quando o mês acabar porque tudo pode acontecer até o apagar das luzes.
 
Obrigada, meu Deus, porque todas estas coisas são águas passadas, e porque eu provei essas águas de todos os sabores: as doces, as salgadas e as amargas.

Nenhum comentário:

Aplicada a conhecer e entender de Cinema

Então... há algum tempo eu ando incomodada com o meu pouco conhecimento sobre cinema aliada a uma péssima memória dos filmes que assisto. Co...