segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Para Gullar

Ontem fiquei sabendo que serei presenteada com um livro do Ferreira Gullar. Ai... essas coisas que me deixam  feliz instantaneamente. Minhas amigas me amam. Tenho certeza.



o tempo de ser feliz é hoje
não amanhã
no universo de um gole de café
no vento frio da manhã
na infinita beleza de agora
na paixão que não demora
se dissipa
mas que é vivida com certeza

sem rascunhos
na delicadeza
mas com a firmeza das coisas que só existem hoje
para serem usufridas.


O tempo de ser feliz

é hoje.



Agora preciso sair para trabalhar. Bom dia pra vocês.

Nenhum comentário:

As multidões

Nem todos podem tomar um banho na multidão: ter o prazer da turba é uma arte. Só assim se pode oferecer, à custa do gênero humano, um b...