sexta-feira, 8 de abril de 2011

Enquanto a estrada não chama...

Tenho sonhado (acordada) com muitas coisas. Algumas delas estão próximas de mim no plano real, outras nem tanto... mas uma hora outra, todas elas vão chegar na minha vida. Porém duas coisas estão mais presentes nos meus pensamentos:

  1. Mudar de cidade: Sampa está nos meus sonhos, e eu estou só esperando a convocação do concurso que passei para me mudar para lá. Só de lembrar que eu nem acreditava que passaria neste, e Deus me deu um rumo na vida... Eu estava tão perdida e sem propósito em Brasília! Mas eu tenho uma novidade: desde o ano passado estou aplicada ao concurso para oficial da Aeronáutica (sim, eu ja tinha feito este concurso em 2009 e passei longe da quantidade de vagas), e desta vez cheguei muito perto. São quatro vagas e estou em quinto lugar. Fui aprovada em todas as etapas: prova escrita, prova de saúde, prova física) e agora é torcer para que eu suba uma posição ou aumentem o número de vagas. O detalhe: a vaga é para o Rio de Janeiro, e eu estou começando a achar muito boa a idéia de morar no Rio;
  2. Uma casinha nova, onde vou fazer uma parede bem grande com fotos dos artistas, cantores e bandas que formaram a minha essência musical ao longo do tempo. Tenho pesquisado muitas imagens e já estou sonhando com uma parede igualzinha à do bar Cult22, que tem aqui pertinho de casa, onde as paredes do local de shows são forradas de fotos de artistas. Amei a parede!
Muita gente tem me perguntado quando eu finalmente vou me mudar, porque afinal de contas eu falo nisso todos os dias. Confesso que estou bastante ansiosa, mas não tenho esta resposta. Vai acontecer no dia que eu não estiver nem lembrando, serei pega de surpresa. Aposto. As melhores coisas da vida acontecem quando a gente menos espera.

Para agora não quero um amor para compromisso, só para companhia... Ouvi uma música da rapper brasiliense Flora Matos que explica bem o que eu tô querendo:

"Fica só pra esperar o sol.
 Chega só pra esperar o sol
 Fica do meu lado até o sol chegar
 Enquanto a estrada não chama..."

Curte aê:



Sobre isso, hoje eu escutei a seguinte pergunta: "E se você se apegar a esta pessoa?". A única resposta que posso dar é: Será uma grande ironia do destino, e uma enorme sacanagem da vida. Mas o pior não é eu me apegar... o pior é acontecer de forma recíproca... Né? ;)

Amanhã é dia de balançar ao som da Festa Mundo Racional. Bora?

















Um grande beijo!

Nenhum comentário:

Aplicada a conhecer e entender de Cinema

Então... há algum tempo eu ando incomodada com o meu pouco conhecimento sobre cinema aliada a uma péssima memória dos filmes que assisto. Co...