sábado, 22 de janeiro de 2011

Volta por cima... vou começar a subir!

Esta manhã sonhei que eu estava num baile de formatura do colégio militar, essas formaturas de oitava série, e eu era uma das formandas. Eu tinha aquela cara linda que a gente tem nessa idade e vestia um vestido de cetim azul escuro, e eu parecia uma princesa rebelde do século XXI com meu cabelo natural (tal como ele é hoje), e fazia caras e bocas para as fotos, com aquela consciência de quem é linda e tem toda a vida pela frente (tal como sou hoje). Mas sei bem que esse sonho foi apenas resultado de uma imensa vontade que eu tive nos últimos dias e que acabou se frustrando na manhã de hoje. Somente hoje de manhã saiu o resultado do último concurso que fiz e que eu tinha certeza que tinha ido muito bem. Fiquei em 6º lugar entre 38 concorrentes. Eu tinha que ter ficado no máximo em 4º lugar. Na trave! De novo! Ano passado o cara que ficou em 2º lugar foi eliminado. Este ano eu vou adiante com a seleção, até me eliminarem, afinal de contas estou muito perto. Tudo pode acontecer, mas vou malhar para a prova física pensando em ficar gostosa, e estar dentro dos padrões físicos exigidos. Ano passado fiquei em décimo, este ano em sexto... Será que este ano entro? Fato é que ano que vem vou ficar mais próxima ou ja estarei em algo melhor. Não quero mais pensar nisso por ora. Quero me dedicar à prova que vou fazer dia 30. Vou fazer o que sempre recomendo para a minha amiga Pixaim: não tem outra alternativa senão continuar lutando. Não quero mais nada agora. Só isso. Somente isso.

Não sei se está na hora do meu bonde virar, mas já vou começar a fazer acontecer, não vou esperar a vida me levar. Nunca fui assim. Tenho coisas a fazer e vou me agarrar com quem quer o mesmo que eu: Queline!

Vamos subir, minha gente... porque ficar de baixo astral é coisa pra gente MUITO FRACA! XÔ!



Coisa engraçada da madrugada de ontem: fui cantada por um menino de 21 anos, que eu conheci há mil anos atrás. Achei fofinho. kkkk Hoje inauguro uma nova tag: Cantadas. Ela será magrinha porque não acontece muito.

Um comentário:

Sarah Vianna - Espelho Mágico disse...

Olá querida!

Obrigada por visitar o Espelho, já tem post novo lá :)

Kisses

Sarah Vianna
http://seuespelhomagico.blogspot.com

As multidões

Nem todos podem tomar um banho na multidão: ter o prazer da turba é uma arte. Só assim se pode oferecer, à custa do gênero humano, um b...