Delicatessen

preciso de um doce
que me dê prazer
e me preencha a boca
com furtivas de anis
prefiro saborear
provar sal nas costas
derreter chocolate na tarde
pra esquecer do frio da vida
dá-me muitos e faz-me pouca
a avalanche de abraços apertados,
cura-me esses choros suspirados
de quem ama e nunca diz


Paula Cajaty

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iluminação sem gesso

Cortinas para a casa nova dos meus amigos Lai e Lu

Discurso que proferi na minha colação de grau do curso de Arquivologia, da UnB, dia 03 de fevereiro de 2009, em Brasília.