quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Delicatessen

preciso de um doce
que me dê prazer
e me preencha a boca
com furtivas de anis
prefiro saborear
provar sal nas costas
derreter chocolate na tarde
pra esquecer do frio da vida
dá-me muitos e faz-me pouca
a avalanche de abraços apertados,
cura-me esses choros suspirados
de quem ama e nunca diz


Paula Cajaty

Nenhum comentário:

As multidões

Nem todos podem tomar um banho na multidão: ter o prazer da turba é uma arte. Só assim se pode oferecer, à custa do gênero humano, um b...