quinta-feira, 22 de julho de 2010

Mais uma identificação

Observando essa imagem, me deparei com esta frase:
"Quando considero o pequeno espaço que ocupo e que vejo , devorado pela imensidão infinita dos espaços que ignoro e que me ignoram, enche-me de terror e espanto achar-me aqui em vez de ali, porque não há razão alguma para estar aqui e não ali, agora e não outrora. Quem me pôs aqui?"
Pascal, Pensées, 68
Me identifiquei com a imagem, com a frase, e com a vibe.

Nenhum comentário:

As multidões

Nem todos podem tomar um banho na multidão: ter o prazer da turba é uma arte. Só assim se pode oferecer, à custa do gênero humano, um b...