sexta-feira, 2 de julho de 2010

Direto de Cruz Alta - RS

Pertencimento. Adoro essa palavra, assim como gosto das palavras: reciprocidade, química, companhia.
Acabei de jantar um filé a parmegiana delicioso aqui em Cruz Alta. Depois meu quarto foi invadido por muitas das minhas colegas pra gente tentar melhorar nossos trabalhos da pós. Tem muita coisa chata acontecendo na pós, e eu penso em desistir. Odeio confessar que penso em desistir. Prefiro passar a imagem que eu sou a superwoman.
Não ta frio, tá um clima gostoso. E sinto vontades de coisas que não posso, não devo e não tenho... por isso pensei em pertencimento, reciprocidade, química e companhia. E pensei em como tem sorte aqueles que têm tudo isso na vida. Quem tem isso recebe uma dose de ânimo quando as coisas estão difíiceis.
Beijos!

Nenhum comentário:

As multidões

Nem todos podem tomar um banho na multidão: ter o prazer da turba é uma arte. Só assim se pode oferecer, à custa do gênero humano, um b...