terça-feira, 15 de junho de 2010

Despedaçada


As vezes eu me sinto assim:
repartida entre milhares de palavras, em poesias e canções, que dizem exatamente como me sinto.
Só minha voz não consegue dizer o que eu realmente preciso.

Um comentário:

Brenda disse...

eu sei... eu sei...

As multidões

Nem todos podem tomar um banho na multidão: ter o prazer da turba é uma arte. Só assim se pode oferecer, à custa do gênero humano, um b...