domingo, 18 de abril de 2010

Eu ando tão adolescente!

Esses dias eu tenho me sentido cada vez mais com 16 anos, aquela fase onde tudo é sonho, delírio e loucura (principalmente para quem olha de fora).

Tenho sentido a cabeça fora de lugar, tenho chorado à toa, tenho feito planos mirabolantes de fugir desta cidade, de voltar a estudar música e tocar por aí, e até de mudar de profissão (pela terceira vez). 

Esta noite sonhei que estava com os amigos do segundo grau, num bar na beira da praia (de mar mesmo, e não de rio, comum lá em Manaus), comemorando o aniversário da Elisa (minha irmã de sangue, de alma e de verdade)... e foi bom demais revê-los e reviver um pouquinho daquilo que em parte ficou para trás.

Olha aí a nega metida, cantando com o Thiagogô...

"E não há tempo que volte, amor. Vamos viver tudo que há pra viver. Vamos nos permitir"... 

Sabe o que me tocou esta semana? Esse videozinho aí em baixo. Mulher sofre de paixão desde cedo. Como a natureza permite isso? Tenho me sentido tão "Hannah" ultimamente...

Um comentário:

Pixaim disse...

De verdade... fiquei realmente chocada com essa menininha... Tadinha! se bem que comigo foi quase assim, só não foi com o professor... foi com o Marquinhos... colega de sala do prézinho.

As multidões

Nem todos podem tomar um banho na multidão: ter o prazer da turba é uma arte. Só assim se pode oferecer, à custa do gênero humano, um b...