terça-feira, 9 de março de 2010

Benditas

"Benditas as coisas que não sei
Os lugares onde não fui
Os gostos que não provei
Meus verdes ainda não maduros
Os espaços que ainda procuro
Os amores que nunca encontrei
Benditas as coisas que já sejam benditas.
A vida é curta, mas enquanto durar
psso durante um minuto ou mais
Te beijar pra sempre
O amor não mente,
não mente jamais
E desconhece no relógio o velho futuro
O tempo escorre num piscar de olhos
E dura muito além
Dos nossos sonhos mais puros
Bom é não saber o quanto a vida dura
Ou se estarei aqui na primavera futura
Posso brincar de eternidade agora
Sem culpa nenhuma!
Benditas as coisas que não sei
Os lugares onde não fui
Os gostos que não provei
Meus verdes ainda não maduros
Os espaços que ainda procuro
Os amores que nunca encontrei
Benditas as coisas que já sejam benditas."
Oi gente! Deixo essa música porque na prova de domingo passado vi uma frase que me lembrou esta bela letra da Zélia Duncan e da Martinália... e a frase dizia: "Viva o presente com delicadeza. Invista nos pequenos prazeres". Um dos meus maiores prazeres é desbravar "as coisas que não sei / os lugares onde não fui"
Um beijo!

Nenhum comentário:

Aplicada a conhecer e entender de Cinema

Então... há algum tempo eu ando incomodada com o meu pouco conhecimento sobre cinema aliada a uma péssima memória dos filmes que assisto. Co...