Dê cores às colchas, almofadas e estofados usando o Patchwork

Redação - Lugar Certo



23/06/09- Quem gosta de decoração sabe que para criar um ambiente diferenciado é fundamental observar as influências folclóricas, as regionalidades e a riqueza das cores. Toda essa diversidade serve de inspiração para deixar a casa com a personalidade do morador e, de quebra, cheia de riqueza cultural.

Recentemente, a Moroso - marca italiana de móveis especializada em estofados -, sob criação dos designers Edward Van Vliet e Philippe Bestenheider, lançou sua última coleção baseada em peças que utilizam o Patchwork.

O Patchwork é uma técnica usada por um grande número de criadores que desenham peças ousadas em cores e a partir de tecidos. Trata-se da tradicional manta de retalhos que nossas vovós e mães faziam nos seus ateliês domésticos, aproveitando as sobras de pano. A mistura de estampas e padrões, que nem sempre parecem combinar, acabam por formar lindas peças artesanais.

Existem registros do Patchwork desde a Idade Média, quando eram usados pelos cavaleiros embaixo das armaduras. Na tradução literal, a palavra significa "trabalho com retalho".

Nos tempos modernos, a técnica se transformou em uma espécie de manifestação folclórica contemporânea, que se enquadra na atual tendência de decoração e design de interiores.

Para a professora Zaida Regina, que ministra o curso de Patchwork em Brasília-DF, aplicar a técnica na decoração é uma vantagem, já que ela permite uma infinidade de possibilidades. "Podemos aplicar em colchas, almofadas, estofados, jogos americanos ou na criação de paineis decorativos. O aproveitamento dos retalhos pode ser programado. Você pode projetar a peça e comprar os tecidos da forma como você gostaria de fazer", explica.

De acordo com Zaida, os trabalhos mais valorizados são aqueles feitos à mão. "Além disso, o custo para elaboração de uma peça não é muito alto. Depende apenas do desenho que você vai criar", acrescenta.

Quem estiver interessado em aprender o Patchwork, pode procurar a professora Zaida Regina. Ela realiza encontros às sextas-feiras no ateliê Biabela (309 Norte), das 16h às 18h. O valor do curso varia de R$ 40 (aula avulsa) a R$ 140 (mensalidade). Informações: 3273-0272.
--
elizabethmaia@gmail.com

Comentários

Ruby Fernandes disse…
Oie!!! nem precisa falar o quanto eu gosto de patchwork né? Aliás, este sofá da foto é maravilhoso!!!
Bjokas flor.
Bacana esse artigo, gostei. Afinal os estofados são parte muito importante na maioria das residências atualmente, tendo inclusive ganhado grande foco no projeto de decoração.
Abraços !

Postagens mais visitadas deste blog

Iluminação sem gesso

Cortinas para a casa nova dos meus amigos Lai e Lu

Discurso que proferi na minha colação de grau do curso de Arquivologia, da UnB, dia 03 de fevereiro de 2009, em Brasília.