quarta-feira, 11 de março de 2009

Radiohead and All Star

Vaga tranquilo
entre o leve o denso.
Penso adiante
e não consigo alcançar
teu coração que é nobre
e é pobre
como um antigo all star.
Anda distraído
com música no ouvido
como um vadio
chutando pedrinhas da rua
Nem vê que me debruço na janela
para ouvir teu assobio
de uma canção que eu nem gosto.
Mas de qualquer maneira
Te aprecio.
E só o que eu queria era passar a mão nos teus cabelos
que o vento desarruma
E você diz que não tem jeito
nem pra mim, nem para o vento,
nem para o cabelo.


Elizabeth Maia 17h45 09/01/2009

Um comentário:

Edna Vilas Boas disse...

Eita senhorita!

Que vontade louka...rs

bjs

As multidões

Nem todos podem tomar um banho na multidão: ter o prazer da turba é uma arte. Só assim se pode oferecer, à custa do gênero humano, um b...