Minha casinha

Finalmente, depois de muuuuitas pesquisas, muitos orçamentos... a reforma da minha cozinha vai começar: comprei o fogão novo, contratei o marceneiro para os armários e contratei o marmoreiro. Daqui há alguns dias começará o quebra-quebra. Estou animada! Meu fogão me acompanha desde a época que eu cursava Música na UnB. Já passamos muitos bons e maus momentos, e ele tinha aquela cara de estudante/retirante que eu tinha... não é pra menos... ele me acompanhou em 9 das minhas 15 mudanças de endereço aqui em Brasília. Não consigo mis olhar para a cara dele! Outro móvel que vai "rodar" em breve é a minha cama de casal (também adquirida na minha época itinerante).

De modo geral isso não é importante, mas como cantava Wilson Simonal... "NINGUÉM SABE O DURO QUE DEI". Só Deus conhece todas as muitas privações e humilhações que eu passei nesses nove anos morando em BsB, tombando por aí, morando em repúblicas, passando por todo tipo de constrangimento na casa dos outros, pagando aluguel, dependendo de fiadores, querendo um cantinho só meu. Hoje nós temos nosso ninho, nosso cantinho, e eu tenho certeza de que é Deus me abençoando, agindo com misericórdia. Não que isso seja uma espécie de compensação, afinal eu sou uma pesso má e nem mereço, mas sei que Deus me ama, e esse AP que Ele nos deu é prova do cuidado Dele, e para que eu me lembre de todas as coisas ruins que já aconteceram comigo e dê graças a Deus por tudo.

Mudando de assunto, e ainda dentro do tema "casa"... recebi uma newsletter da Coral falando sobre os tons de verde... e veio bem a calhar, pois quero fazer esta parede na minha sala de jantar:


Acho que vai ficar fresco e alegre. Adoro verde!

A primeira parte da cozinha a ser preparada é esta aqui:



No lugar deste "buraco" entre as gavetas e as portinhas entra o fogão embutido (que é diferente dos cooktops, ou fogões de mesa.

Vai ficar tudo muito fofinho e prático! E eu vou ficando por aqui. Bom domingo pra vocês!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iluminação sem gesso

Cortinas para a casa nova dos meus amigos Lai e Lu

Discurso que proferi na minha colação de grau do curso de Arquivologia, da UnB, dia 03 de fevereiro de 2009, em Brasília.