domingo, 11 de janeiro de 2009

Começando 2009

11/01/2009


Oiê!

Tudo bem? Domingo lindo, né? Adoro estar em casa.

Bem... vou falar de 2008, não apenas porque sou a própria "saudosa maloca" rs... mas principalmente porque eu acredito que quando uma pessoa avalia a trajetória fica mais fácil de se organizar para receber o futuro, para aproveitá-lo da melhor maneira possível... o que é completamente contraditório se eu for analisar o que eu disse sobre passado e futuro há dois posts atrás...rs... Mas, e daí?

2008 foi um ano muito bom pra mim, não só pelas minhas conquistas materiais, mas principalmente pelo que eu cresci como ser humano. E eu sei que é muita pretensão dizer que eu fiquei "melhor" quando na verdade eu sou tão podre quanto todas as pessoas más espalhadas por aí, mas o que eu vejo de diferença em mim é que eu tenho conseguido olhar para minhas próprias falhas e feridas, e ao invés de lambê-las, eu, as vezes, tenho coragem de colocar remédio. E isso não foi fácil.

Em Manaus eu me lembrei de como eu era, e vi que em 2008 venci uma falha que hoje me irrita profundamenete: a falta de palavra, principalmente no que se refere à honrar compromissos. Vi que hoje eu lido razoavelmente bem com a preguiça... e vi que eu preciso melhorar enquanto dona de casa..rs... meu irmão Eliseu está cozinhando maravilhosamente bem, e a Elisa sempre mandou bem na cozinha... enquanto eu, só sirvo para a hora de extrema urgência, onde se frita um ovo, ou se abre uma lata de atum, e assim não se morre de fome. Meu maridinho merece coisa melhor.

Em 2008 eu também tirei carteira de motorista, eu e Paulo compramos nosso primeiro apartamento, eu concuí a graduação (e eu achei que nunca poderia dizer isso... estava pensando que havia alguma maldição que me prendia à UnB. Deus me guarde!). No geral, foi um ano excelente.

Mas sempre se quer mais... e eu não consigo mais olhar para este post... to editando ele há dias... vou postá-lo assim mesmo.

Bjins pra vcs. Voltem sempre... aliás, voltem outro dia porque hoje já está tarde e eu já perdi a paciência. Fechou?

Um comentário:

Leo disse...

É bom ser saudoso, né beth? Melhor ainda é ter coragem de enxergar os próprios defeitos e tentar atenuá-los.Agora, absolutamente melhor são as conquistas: Parabéns pela Carteira de motorista, pelo apartamento e pela conclusão da Arquivologia!!! Admiro muito pessoas batalhadoras como vc... ainda que cozinhar seja uma incógnita, rs!

As multidões

Nem todos podem tomar um banho na multidão: ter o prazer da turba é uma arte. Só assim se pode oferecer, à custa do gênero humano, um b...