quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Diferença entre os gêneros

A vida da mulher é muito difícil, incomparavelmente mais difícil que a vida do homem. As pressões sociais que pesam sobre nossos ombros são muito mais cruéis, mais radicais, mais duras... A cobrança das pessoas é muito mais amarga conosco. A nossa liberdade é muito mais limitada, constantemente supervisionada. Mulher de verdade é mesmo a Amélia, aquela idiota fubenta e desleixada. A sociedade passa a mão na cabeça dos homens, porque as bobagens que os homens fazem são muito mais aceitáveis. Isso me oprime.


"Ai Que Saudades Da Amélia
Composição: Ataulpho Alves - Mário Lago

Nunca vi fazer tanta exigência

Nem fazer o que você me faz

Você não sabe o que é consciência

Nem vê que eu sou um pobre rapaz

Você só pensa em luxo e riqueza

Tudo que você vê você quer

Ai, meu Deus, que saudade da Amélia

Aquilo sim é que era mulher

Às vezes passava fome ao meu lado

E achava bonito não ter o que comer

E quando me via contrariado

Dizia: Meu filho, que se há de fazer

Amélia não tinha a menor vaidade

Amélia é que era mulher de verdade

Amélia não tinha a menor vaidade

Amélia é que era mulher de verdade"

Amélia, bicha estúpida!

Um comentário:

Rodrigo Fortes disse...

Poxa, vc me cobrou o texto... e agora como faço p escrever sem parecer que é vc? Xiiiii... deu um bolo na minha cabeça, mas vou dar um jeitinho...rsss. A criatividade serve pra essas coisas... beijocas

Aplicada a conhecer e entender de Cinema

Então... há algum tempo eu ando incomodada com o meu pouco conhecimento sobre cinema aliada a uma péssima memória dos filmes que assisto. Co...